quinta-feira, 21 de abril de 2011

Que desilusão

Antes de mais, deixe que alerte o leitor de que este não é um post sobre política. Não estou de qualquer forma afiliado (nem ideológicamente nem o que quer que seja) ao PSD ou ao Pedro Passos Coelho!

Todavia, sempre tive o rapazola em boa linha de conta: é um moço que sabe falar, veste bem e vê-se que teve educação em casa. Não diz asneiras e tem ar de quem não parte um copo nem diz caralhadas.
Ideologias á parte, o homem desde que o conheço da cena política nacional que por ele nutria um certo respeito, porque a verdade é que o rapaz foi casado com uma tipa das doce!...

Para quem não sabe, as doce foram a primeira girls band cá da terra.

... ou seja, comparava-o a um David Beckham ou a um Lewis Hamilton.

Na altura em que as Doce faziam furor em todas as pistas de dança daqui do reino de portugal (sim, quase que são assim tão antigas) eu ainda andava de fraldas e brincava com carrinhos da majorette, de modos que só me lembro de as minhas primas teenagers a cantar histéricas as musicas das moças (Vamos acordar, e ficar'aovirrr, não sei o quê no ar, a chuvá'cairrr)...

Hoje, todavia, e em resultado de o Pedro Passos Coelho ter vindo pro facebook deixar uma mensagem de páscoa (tão cliché, meu caro) junto da sua cara metade (que já não é a tal das doce, mas outra moça que convenhamos... não deve muito á natureza) pensei para com os meus botões:

"Mas tu largaste a gaja das doce por isto?"

Como sou um tipo que se pensa informado, fui ver quem era a tal moça das doce, e entre tantas fotografias, cada uma pior do que a outra... encontrei:


Depois de conter o espanto inicial, cheguei á conclusão que Ainda bem que na altura ainda andava tentar perceber a mecânica por detrás dos actos de falar, andar e ir á casa de banho!
O pessoal nos anos oitenta andava a fumar tanta ganza estragada que aquilo toldava-lhes totalmente a visão... e o bom gosto.

Vou ver um video das pussycat dolls, a ver se desenjoo :)

Sem comentários: