quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Casa nova

 

Hoje cheguei a casa ás nove e meia da noite, coisa rara. Não chegava tão cedo a casa desde... bem, desde que me lembro na verdade. Desde que cheguei aqui á capital sempre fui morar para cascos de rolha, primeiro para os lados de queluz, depois (achando-me fino) para cascais. O resultado disto é que estás sempre refém de ter que pegar no carro para chegar a casa, e se trabalhares ás mesmas horas que o povaço estás tramado que vais ficar no trânsito como toda a gente.

A modos que vir para mais ou menos perto do trabalho e não ter que pegar no carro todos os dias, é algo de verdadeiramente refrescante. Pena a vista, só se vê prédios daqui, bah!

Mas não se pode ter tudo, não é verdade?
Posted by Picasa

Sem comentários: