quarta-feira, 30 de junho de 2010

Já fomos...

Perder contra os espanhóis nunca é bom, é algo que está enraizado na nossa cultura quase milenar. Os miras já andam á quase 900 anos a querer tomar conta cá do burgo e isso parecendo que não, torna-se desagradável.

Facto é que, eu sou madeirense, e como tal para mim um espanhol é apenas mais um estrangeiro, aliás acho que a primeira vez que vi um foi quando um guarda fronteiriço espanhol deixou-me por o pé em terras espanholas apesar de não ter passaporte, aos 11 anos, daí que também não faz muito sentido eu andar a embirrar com eles. É um povo bacano e o facto de eles nos ignorarem na maior parte do tempo tem mais a ver com a nossa mania de inferioridade do que com qualquer outra coisa.

No entanto, não me agrada especialmente perder no futebol contra nuestros hermanos, mesmo sabendo que eles jogaram melhor e portanto mereceram, e que a nossa equipa consistiu de 9 imbecis e 2 jogadores da bola, com um acéfalo a gerir a estratégia.
Continuando, lamento mas não vou torçer por "la roja". Por fortuna do destino devem conseguir chegar ás meias finais, já que o Paraguai, o anexo pobre do Brasil é demasiado suave para a equipa espanhola, mas estou certo que num dia normal nunca conseguirão eliminar uma Argentina ou uma Alemanha. No entanto espero que os espanhóis percam já com o Paraguai, já chega de ter que aturar aquele ego hiper-inflado desde que ganharam a porcaria do campeonato da europa á 2 anos atrás. Ah, e se não for pedir muito, que percam com um auto-golo desse capdevila... melhor, dois auto-golos!

Uma palavra final em relação ao palhaço do juan capdevila: jogadores destes não fazem falta nem bem nenhum ao futebol, que é um jogo bonito. A Espanha ia ganhar na mesma, e com mais mérito, por isso mais do que manchar o jogo em si, manchou a virtude da sua própria equipa. Não vai ser por causa disto que o Ricardo Costa sairá do mundial com mais ou menos mérito, mas este jogo vai ser lembrado por ter sido o jogo em que perdemos com a Espanha, em que o queiroz foi cobarde mais uma vez, e em que o capdevila atirou-se para o chão feito puto birrento com lágrimas de crocodilo. Os espanhóis estão se a cagar para isso, eu sei, e pouca moral têm os portugueses para apontar isto quando foi o próprio Cristiano Ronaldo que á 4 anos numa total imbecilidade fez com que o Rooney fosse expulso num jogo contra a Inglaterra... no entanto eu ainda me lembro desse jogo, que ficou tão marcado pela vitória portuguesa como pela falta de fairplay do meu conterrâneo, e desse carimbo ele nunca mais se livra.
Para o restante campeonato, a minha aposta vai claramente, e por motivos emocionais para a selecção canarinha, que espere que chegue á final e que despache os argentinos (que jogam que se fartam, diga-se de passagem). Eu sei o quanto é importante o futebol e o campeonato do mundo naquelas paragens, e muito francamente acho que aquele povo merece essa alegria. Já fui tirar da gaveta a camisola da selecção brasileira, que guardo ao lado da do meu glorioso. Força Brasil!!

PS: Alguém me arranja uma camisola da Argentina? São giras que se fartam! :)

1 comentário:

Anónimo disse...

6 imbecis... Hugo Almeida, Eduardo e Coentrão estiveram bem. Concordo que os espanhóis estiveram melhor, mas perder com um golo em fora de jogo e um jogador ser expulso porque um espanhol se atirou para o chão... custa a engolir.