quarta-feira, 8 de julho de 2009

Post sobre professores, exames e afins


Pergunta B do grupo 1 do exame nacional de Português B de 12º Ano (Segundo o público)
“Comente a opinião a seguir transcrita [da autoria de António Mega Ferreira], sobre a teoria do fingimento poético em Pessoa ortónimo, referindo-se a poemas relevantes para o tema em análise. “É na poesia ortónima que o Pessoa 'restante', o que não cabe nos heterónimos laboriosamente inventados, se afirma e 'normaliza': é então que ele 'faz' de si e os seus poemas são 'chaves' para compreender o seu extraordinário universo literário”

WTF?! A sério!! Que ganza estragada é que o Mega Ferreira andou a fumar antes de escrever isto? E que demente é que achou que isto era coisa para se meter num exame de português B? Lá no ministério devem-se ter rido á gargalhada com isto, consigo imaginar: "E se metessemos um excerto do Mega Ferreira, isso é que era!! MUWAHAHAHAHA MUWAHAHAHAHA!!!!"... ok, agora sem brincadeiras, eu sei que lá nas mentes doentes dos docentes que fazem as provas, isto faz todo o sentido, eu tenho quase a certeza de que eles não se riem como o Dr. Evil.

E anda tudo á bulha agora, ministério contra comunicação social, professores contra ministério, comunicação social contra professores...
Os alunos, naturalmente e como sempre foi, não passam de peões nas jogatanas dos players mais fortes - e diga-se - são-o muito justificadamente, afinal:

- A maior parte deles fala e age como se fossem miúdos de 17 anos;
- Só querem saber de amigos, festas e miúdas.
- Tão doidos para ir de férias e ir para a praia.
- Desatinam estudar.

tss, tss - os patifes!

Os professores, furibundos, usam-os para arremessar pedras contra o ministério. O ministério, usa-os para culpar os professores e a comunicação social, e estes ultimos fazem uma festa e vendem jornais e publicidade com temas "quentes" sobre (mau ?) ensino que temos cá na terra.

E os alunos fodem-se, como sempre aconteceu - mas é uma fodinha pequenita e quase indolor. Daqui a 2 semanas repetem e os profes já os safam, o ministério vai lhes dar um rebuçado para aliviar a dor (e as estatísticas). Os que não conseguiram este ano, ficam mais um ano de molho e tentam para o ano, ainda são novos, não há problema - e eles esquecem, entram para a universidade (muitos para cursos de ensino) fazem 3+2 anos de faculdade, uns tornam-se elementos activos na sociedade, outros engrossam as fileiras do desemprego, uns tornam-se políticos, e finalmente há-os que terminam cursos de ensino, não vão para o desemprego e tornam-se iguais aos que agora lá estão.

Não me interpretem mal, não é nada pessoal contra os professores, eu até tive uns... 5 ou 6 na minha vida toda que me influenciaram positivamente.

Um dia destes coloco aqui no pasquim um post a detalhar o meu... carinho - digamos assim - por essa muy nobre classe.

1 comentário:

Mafalda disse...

o video ta demais !!!!!!!!!!!
austin powers ...so podia :)))))