sábado, 18 de julho de 2009

Exame nacional de matemática do 12º Ano

Apesar da Sociedade Portuguesa de Matemática criticar "duas das questões do exame de Matemática A do 12º ano", por serem dúbias e induzirem em erro, já vieram também a praça pública afirmar que este último exame teve um grau de dificuldade "mais elevado do que o da primeira fase, pelo que é mais apropriado à exigência que deveria existir neste grau de escolaridade".

De facto, Deus nos livre que os exames sejam mais fáceis!! E induzir em erro e fazer perguntas dúbias nada é mais do que preparar os alunos para a coça infernal que vão apanhar quando chegarem á universidade - onde aí sim - vão se deparar com os verdadeiros carniceiros, que lhes vão chumbar como se não houvesse amanhã.

Se fosse para mais de metade dos alunos passarem, acabava-se todo aquele glamour que rodeia os professores de matemática, que os tornam os seres mais apetecíveis aos olhos do sexo oposto, mais até que os operários dos talhos, e que os funcionários das repartições de finanças.

Há que chumbar meus senhores, CHUMBAR!!

Ah, e nada de avaliar os professores, esses são seres perfeitos e impolutos, incapazes de qualquer acto de injustiça ou de parcialidade. Acho que era de acabar com a magistratura e colocar professores no lugar...

Sem comentários: