quarta-feira, 1 de abril de 2009

Quando eu morrer...

... quero que o meu funeral seja nem que seja um bocadinho como este.

Uma breve nota introdutória. Graham Chapman era um dos 5 membros dos Monty Python, provávelmente o grupo mais divertido que algum dia pisou a terra e do qual eu sou fã irredutível, como já devem ter percebido os mais assíduos leitores do meu blog. Faleceu em 1989.

Este foi o seu funeral, que acabou por ser o seu sketch final dos Monty Python.



Memorável, no mínimo...

3 comentários:

Luísa disse...

Tás a pensar morrer em breve? Avisa com antecedência para a malta poder organizar um funeral a maneira.. arranjar umas piadas sobre ti, cantar qualquer coisa e... podia falar com o GDD para fazermos um espectáculo no cemitério.. seria brutal!! O que achas?

Minha louca vida disse...

Ah...agora assim temos um cabeçalho à altura desse blog de respeito.
E não podia faltar a imagem dessa cidade que vcs adotou como sua (merecidamente). Acho que vcs dois foram feitos um para o outro. Mas me diga, a idéia do papa foi sua?
Beijos,
da amiga (agora) empregada

Nélio disse...

Concerteza, eu ainda tentei ligar para o vaticano a perguntar pelo Sr. Bento, mas não me disseram nada. :D
Uma vez que este blog é escrito com todo o carinho (algumas vezes) presumi como é óbvio que o rapazola não teria problemas em recomendar o meu blog aos amigos - como eu sei que o santo padre é um tipo popular e ia dar uma trabalheira estar a dizer aos amigos todos, resolvi poupar-lhe o trabalho.

e ficamos todos a ganhar! ;-)