domingo, 28 de dezembro de 2008

Natal e tal


Acho que o dia 28 é o dia ideal para desejar ao mesmo tempo feliz natal e bom ano novo. Fica mais ou menos a meio, estão a ver, e não, não foi por não ter tido tempo nem paciência para vir á net escrever no blog... Ou isso ou é porque a net wireless do vizinho anda pelas ruas da amargura...

Anyway... feliz natal e bom ano novo prá malta! Fiquem bem, ok?

Ah, para todos os que rogaram pragas porque eu disse que vinha para a madeira onde faz calor e não sei quê, e que ia deixá-los no continente a bater dentes, o meu muito obrigado... não para de chover torrencialmente desde o dia 23, o que vendo bem... é uma seca do caraças.

Um bem haja a todos

sábado, 20 de dezembro de 2008

Espírito natalício?!

Hoje foi dia de jantares de natal de empresas, amigos e etc. Jantares e encontros entre amigos, com muita conversa e muita bebida á mistura. Ora... o problema é que meio mundo não sabe beber, por isso deviam ser proíbidos de pura e simplesmente pegar num copo.

Tive que por 3 vezes esta noite que fugir a confusão provocada por bêbados, tive que ignorar provocações, fingir que não ouvia, não olhar para trás na rua.

O meu apelo para a humanidade: Quem não sabe beber, não pegue no copo, PONTO! Bebam água!

Quando passei agora pelos polícias na 24 de julho enquanto eles ponham a malta a soprar no balão, só me apetecia abrir o vidro e gritar "levem-os todos presos!!!".

Estou mesmo tão fartinho, tão fartinho de gente, a sério... estou mesmo a precisar de FÉRIAS!

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Banco de Gaia


Banco de Gaia - Ynys elen
Apesar do espectro dos meus gostos musicais ser bastante amplo, há uma categoria que não falha nunca, e que definitivamente é a minha preferida: musica electrónica ambiental com um cheirinho oriental, já desde que em 1992 ofereceram ao meu pai o primeiro álbum dos enigma em vinil, o MCMXC a.D. que eu tocava e tocava sem parar até ter conseguido destruir a agulha do gira-discos. Em minha defesa: não havia internet e tudo o que tu ouvias era o que a rádio te mandava (e as rádios da madeira são de bradar aos céus, até me dão arrepios na espinha de tão más que são) não havia muito que fazer e tinhamos que gramar com aquilo.
Seja como for, agora temos internet, e abriu-se todo um mundo de possíbilidades. Hoje sou capaz de ficar a ouvir durante horas e horas seguidas musica que realmente gosto, de compositores muito pouco mainstream.

Banco de Gaia, é uma banda inglesa, formada em 1991 por Toby Marks. Curioso o facto de que Marks mudou-se para portugal em 1986, onde tocava músicas dos Beatles para turistas (presumo que no algarve, para onde os bifes vão todos). Seja como for, o nosso país parece que lhe fez bem, porque deixou uma carreira como baterista de heavy metal e passou a ser um extraordinário compositor.

Ouçam o vídeo, se puderem comprem a música, vale a pena.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

quinta-feira, 11 de dezembro de 2008

Procissão



Ah, essas demonstrações religiosas, cheias de malta a marchar, vestida de preto com papel higiénico dobrado em forma de acordeão ao pescoço....

quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

Trabalho.....


Peço desculpa aos leitores assíduos aqui do pasquim (se é que os há). Nas ultimas semanas o débito de posts tem ficado comprometido porque o trabalho está a apertar e o tempo livre é gasto quase exclusivamente a dormir.

É natal, melhores dias virão!