segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Francisca


Ao fim de 3 anos e uns trocados a viver sozinho, achei por bem finalmente ter um ser vivo (que não eu) a viver permanentemente lá em casa, e que terá o prazer de disfrutar mais da minha casa do que o gajo que paga a renda (eu).

É uma planta de água e é gira. Fica bem lá na sala. Pode ser que daqui a uns tempos, se a experiência correr bem (eu curtir a planta e vice-versa) seja tempo para algo mais rebuscado, um cacto, quem sabe...

Ah, e chamei-a de francisca, é um nome bonito para uma planta :)

8 comentários:

Ganika disse...

Que tal Francisca Maria? Assim sp te podes zangar c ela ;)

Nélio disse...

Ah, podes ter a certeza que se ela se portar mal vai ouvir :)

Francisca Maria é fixe! Melhor que dar um nome próprio a uma planta, é dar dois! :)

Margulies disse...

Eu já passei por essa experiência. Tenho um cacto, e uma outra plantinha (essa já ta quase morta) que tem alguns anos. Fora as plantas do jardim...
É, acho que já posso ter um cachorro! Se ele sobreviver por um ano, já posso pensar em ter filho :)

Anónimo disse...

so tu mm pa t lembrares de chamar francisca à dita cuja.... lolol pior k isso so mm geraldin... ahahahahah

bijuuuuuuuuuuuuuuuuuu***

Jessy

Anónimo disse...

isso é falta de gaja...

Ganika disse...

Está uma gaja doente a querer distrair-se com os blogs dos outros e tu ainda andas na Francisca?!?!?! Caramba, NÉLIO MANUEL!!!
A julgar pelo blog, essa planta deve estar bonita deve... :p

Vida louca...vida breve disse...

Pois é, amigo...
Como vês, estou pensando muito sobre as relações humanas. É o que dá ver tanta televisão. Mas fiquei mesmo curiosa para saber suas opiniões à respeito dos relacionamentos entre os sexos. Mediante minha curiosidade, convido-te para um bate papo, à beira mar, no Rio, com direito à skol bem gelada. Topas? Já estou montando o nosso roteiro carnaval 2009. Vai ser demais!!
OBS.:Dependendo do teor da nossa conversa,pode ser que eu desista de me relacionar com os homens e compre uma plantinha também. Mas precisa ser macho....e vou chamá-lo de "Francisco" :)

Nélio disse...

Quem diria que este post daria azo a tanta resposta? :)

Aceito o convite, claro! Apesar de gostar de skoll, vou optar pelo chopp escuro da brahma, se não te importares. Se vivesse no rio de janeiro certamente virava alcoólico!! :)

De forma nenhuma a minha opinião te fará deixar de relacionar com homens, não tenho uma opinião anarquica e revolucionária que aposte em que as pessoas se tornem ilhas e comprem todas plantas, não tem nada a ver com isso. Um dia destes, quando tiver inspirado e achar que o texto é significativo o suficiente, coloco aqui um post sobre isso.

Seja como for, comprar uma planta para uma mulher é algo redundante, já para um homem é um grande passo, como disse o marcos, é uma preparação para ter um cão, e depois um filho :)