sexta-feira, 7 de março de 2008

Idiotas... II

Fui pela primeira vez na minha vida ao site do partido comunista português hoje, indicado por uma notícia no jornal Público que afirmava o seguinte:
São folhas de um amarelo envelhecido, com vincos que acusam o manuseamento excessivo: os 558 números do Avante! que o PCP distribuiu na clandestinidade, entre 1931 e 1974, estão disponíveis para consulta na Internet, em www.pcp.pt
Eu pensei: bem, que iniciativa engraçada, o PCP lá anda a reviver os tempos de glória em que andava na clandestinidade a lutar contra a opressão do estado novo, ou como diria o nosso primeiro:
eh pá, porreiro!
e lá fui ao dito site, ver o que os velhotes comunistas andavam a fazer.

Layout giro, vermelho vivo predominante, como manda o protocolo, navegação simples e fácil, videos embebidos na página principal (imagine-se!!) com o orgulhoso "camarada" Jerónimo de Sousa dirigindo-se a uma plateia de jovens empunhando bandeiras com foices e martelos, numa "torrente vermelha" como o próprio diz.
Eh pá, parece que os velhotes lá em mértola lá arranjaram maneira de se entreter, estou agora mesmo a imaginá-los á porta de um tasco no profundo alentejo, com os seus computadores portáteis, ligados á internet pelo wifi do café a publicarem com afinco os seus artigos no "portal" do PCP, eh pá, que evoluidos que eles estão, hein? orgulho... espera... não... ok, continuam naquela parvoíce crónica em que mergulharam depois do 25 de abril.
Pah!!!... Com todo o respeito que eu tenho pelas pessoas de idade... (Só podem ser velhotes teimosos e decrépitos, para a andarem a dizer estas coisas e a publicar estes artigos)... O partido comunista português apoia oficialmente as FARC? Queres ver que ainda mandam uns eurozitos de vez em quando para eles lá continuarem a sua "luta armada pela liberdade"? Será que estes velhos perderam toda a noção de integridade?
Difícilmente os combatentes das FARC necessitarão do apoio do PCP, ideológico ou monetário. Difícilmente até necessitarão dos 300 milhões de dolares que o Hugo Chavez lhes mandou para chatearem o governo colombiano.
Acho que o tráfico de droga, a lavagem de dinheiro, o assassínio contratado, a extorsão do seu próprio povo, o roubo e o sequestro de pessoas serve muito bem para financiar a luta armada destes meninos, não acham?
Então lá o Raúl Reyes foi morto... bem, olhem para a minha cara de tristeza, um segundo enquanto me recomponho... ... ... ok, já está.
Mataram um dos principais líderes de um grupo terrorista que rapta, mata e viola indiscriminadamente sob a égide da bandeira vermelha. Acho que é um dia bom para o mundo, menos um que por cá anda a tornar as coisas piores. Ainda que para o lugar dele apareçam mais 5 ou 6, se calhar ainda mais loucos e sanguinários, pelo menos este por cá já não anda.

E, velhos rezingões do PCP, vejam lá se tomam juízo. Um assassino louco vestido de vermelho e munido de AK-47 não é menos assassino ou menos louco do que um que conduz um caddillac e mata gente com uma Colt .45.

á 60 anos atrás, na união soviética, eu seria preso, turturado e morto. Toda a minha família, ascendentes e descendentes, cairia em desgraça. Apenas por dizer estas coisas.

Felizmente já não estamos nesses tempos, e os velhotes decrépitos do PCP não passam disso, e não vão muito longe.

Estou curioso... será que o partido comunista português também apoiou o Khmer Rouge e os seus quase 2,000,000 de mortos nos anos 70? Eles eram de inspiração comunista, e certamente matavam com AK-47's, e com balas fabricadas no bloco soviético, contribuindo de sobremaneira para o financiamento dos ideiais!

Sem comentários: