segunda-feira, 3 de março de 2008

Benditas empregadas

Eu confesso, não sou um bom dono de casa. Admito a minha culpa e aceito que apontem as minhas falhas. Não tenho jeitinho nenhum para por a minha casa como deve de ser, e quando tenho que receber alguém aqui na mansão, fico horas e horas a tentar dar um jeito nisto e o que consigo atingir é um estado de habitabilidade aceitável, que dura muito pouco tempo.
Pior do que isso, odeio aspirar, odeio limpar o pó, não tenho jeito nenhum para dobrar coisas, e não faço a menor ideia de onde as guardar depois de dobradas (se bem que a ultima aquisição - uma cómoda do ikea - deu um progresso considerável nessa questão), e esqueço-me sempre de sitios para limpar, que acabam por ter que ser disfarçados com qualquer coisa a tapar. Para além do mais, acho que o meu tempo é melhor empregue a fazer outras coisas, como dormir, como passear, como estar com os meus amigos.

É por isso com muita alegria que eu consegui que a empregada da Beatriz se deslocasse ao meu tasco e desse ordem nisto, e ficou um espetáculo! Não só conseguiu fazer com que a minha sala parecesse maior (sem a tralha toda que tinha), como atenuou o desejo ardente que tenho em me mudar para o pé da praia.

A sala ficou assim:


Anda assim, se alguém tiver um apartamento para arrendar, entre carcavelos e são joão do estoril, que tenha uma vista para o mar, diga-me qualquer coisa :)

3 comentários:

ana mafalda disse...

muito gira que esta sua sala ,sr. engenheiro ......:))))

Filipa disse...

Não conheço essa sala é nova????

Beijos de uma viperina...

Nélio disse...

Ahahahaaha! Até parece! :)